Documentos

Divisão de Apoio Técnico Administrativo (ESESJD)

Fotografia
Chefe de Divisão

Funcionários

Competências

Regulamento da DATA - ESESJD – Despacho ESESJD n.º 19/2012 de 28 de novembro

Tem por missão apoiar o desenvolvimento das atividades da ESESJD.

(Fonte: Artigo 3º, nº 1, do Regulamento da Divisão Apoio Técnico-Administrativo da ESESJD)

A Divisão de apoio técnico-administrativo tem por missão apoiar técnico-administrativamente as atividades de ensino, investigação e prestação de serviços e demais ações estratégicas na área da saúde; bem como assegurar a logística e um bom desempenho dos recursos físicos e tecnológicos de suporte da ESESJD-UÉ.

A Divisão de apoio técnico-administrativo tem por missão apoiar técnico-administrativamente, de forma sustentável, as estruturas da escola, capacitando-a na concretização das estratégias e politicas desenhadas, com vista à realização da sua missão.

(Fonte: Focus Group)

1. Coordenar as atividades de apoio técnico-administrativas dos serviços da escola
2. Gerir os recursos, não docentes, afetos à Unidade Orgânica
3. Apoiar administrativamente todas as iniciativas da Escola
4. Manter em bom estado de higiene e segurança o edifício onde se encontra instalada a Escola
5. Gerir o processo de comunicação interno
6. Gerir a gestão documental

(Fonte: Artigo 3º, nº 1, 2, 3 e 4, do Regulamento da Divisão Apoio Técnico-Administrativo da ESESJD)

  • “Coordenação de todas as atividades técnico-administrativas dos serviços da Escola”;
  • Secretariar as reuniões dos órgãos de gestão, prestando-lhes apoio técnico, assegurando o seu expediente e elaborando as atas das reuniões;
  • Informar todos os processos que necessitem ser despachados pelo Diretor;
  • Executar todos os processos administrativos da Unidade;
  • Responsabilizar-se pela gestão operacional do Sistema de Gestão de Qualidade da Escola;
  • Assegurar a conservação do arquivo da Escola;
  • Recolher, sistematizar e divulgar legislação com interesse para a atividade da Escola;
  • Exercer as demais competências que lhe forem cometidas por lei ou que lhe sejam delegadas pelo Diretor da Escola;
  • Gerir os conteúdos da página web;
  • Apoiar na gestão do plano de comunicação interno da Escola;
  • Apoiar os departamentos, comissões de curso e estudantes nos processos administrativos relacionados com o ensino e academia;
  • Assegurar, manter e zelar pelo bom funcionamento da infraestrutura tecnológica instalada sob responsabilidade da Divisão, bem como dos serviços disponibilizados, garantindo a sua operacionalidade, compatibilidade, consistência, atualidade, fiabilidade e manutenção com a conectividade interna e externa;
  • Manter permanentemente atualizado o registo de todo o software e hardware existente e sob responsabilidade da Divisão;
  • Assegurar assistência e apoio técnico ao normal funcionamento dos equipamentos, sistemas e aplicações de suporte da  Escola .
  • Contribuir para o desenvolvimento da visão, objetivos e estratégias da Escola;
  • Instruir e gerir processos superiormente cometidos;
  • Organizar informação e pareceres para decisão superior;
  • Definir estratégias e objetivos de atuação que permitam antecipar as necessidades de adaptação da Divisão serviço à realidade interna e externa;
  • Atender, esclarecer e divulgar normas internas e procedimentos a adotar;
  • Promover e garantir a articulação entre as diferentes estruturas da UEvora tendo em vista a qualidade e eficácia do serviço a prestar e a satisfação do interesse dos utentes;
  • Definir uma estratégia de atuação clara, concreta e ambiciosa para a Divisão;
  • Gerir os recursos humanos não docentes, patrimoniais e técnicos afetos à Escola de modo a otimizar o seu desempenho;
  • Promover  a realização e propostas para ações de formação no sentido de maximizar a eficiência de utilização dos recursos disponibilizados e o desenvolvimento de competências;
  • Apoiar  na elaboração do plano e relatório anual de atividades, QUAR e Orçamento da Escola em articulação com o da Universidade, assegurando a concretização das medidas a si acometidas;
  • Recolher, sistematizar e divulgar a legislação com interesse para a atividade da Divisão;
  • Corresponder -se com serviços e entidades públicas e privadas no âmbito da sua competência.
  • Proceder à gestão financeira dos recursos segundo critérios de legalidade, economia, eficiência e eficácia, em conformidade com as orientações superiores que lhe forem transmitidas;
  • Executar o orçamento da Escola.
  • Organizar e manter atualizados os processos individuais indispensáveis (em suporte virtual) do pessoal docente, não docente contratado a termo da Escola, bem como o registo do controlo da assiduidade e os mapas de férias e licenças, equiparações, dispensas de serviço;
  • Apoiar na elaboração de propostas de contratação;
  • Apoiar técnico-administrativamente a elaboração de candidaturas a projetos e vária índole;
  • Apoiar técnico-administrativamente a elaboração de protocolos

1. Apoiar as estruturas orgânicas da escola, designadamente:
a) secretariado e expediente
b) gestão de recursos humanos
c) gestão de recursos materiais e financeiros
2. Prestar apoio às atividades académicas, ao ensino, à investigação e prestação de serviços
3. Gerir o orçamento de funcionamento da Escola e todos os procedimentos associados
4. Gerir os processos de aquisição de bens e serviços
5. Apoiar na comunicação e execução das ações e projetos da Escola
6. Apoiar no vetor do planeamento estratégico (Plano de atividades, relatórios, estudos de monitorização, estudos exploratórios)
7. Apoiar projetos de internacionalização
8. Apoiar na implementação e gestão do sistema de garantia da qualidade
9. Responder a todas as solicitações da Reitoria

Perfis Gerais das Pessoas para os Requisitos e Competências/Atribuições

Competências pessoais

1. Trabalho em equipa;
2. Orientação para resultados;
3. Iniciativa e autonomia;
4. Liderança;
5. Postura e Comunicação
6. Otimização de recursos
7. Adaptação e melhoria continua
8. Análise da informação e sentido critico

Competências técnicas

1. Fluência verbal e escrita (português, inglês e espanhol)
2. Conhecimentos específicos de Informática, designadamente em gestão de redes; helpdesk, software, web-comunicacional e bases de dados;
3. Gestão de recursos financeiros; de recursos humanos; de cooperação bilateral; de contratação pública; de projetos e de sistemas de qualidade.
4. Secretariado administrativo;
5. Informática na ótica do utilizador (processador de texto, folha de cálculo);
6. Preparação, planeamento e controlo dos recursos para as aulas de práticas laboratoriais e para o treino de procedimentos clínicos de enfermagem
7. Otimização de recursos

 

Esta informação ainda não incorpora o contributo dos trabalhadores, indicados pelos superiores hierárquicos, que participaram nas sessões realizadas pelo grupo de trabalho nomeado pelo Despacho nº 42/2016, de 16 de maio.

Pessoas

Funcionários

Colaboradores