RIPRES

banner ripres_580 fundo

Há vários anos um grupo de pesquisadores que estuda a teoria das representações sociais no campo da saúde vem aspirando à criação de uma rede internacional de colaborações. O primeiro passo conjunto foi dado com a realização de uma reunião em 28/11/2009, por ocasião da VI Jornada Internacional sobre Representações Sociais em Buenos Aires – Argentina, na qual foram criados os objetivos da rede.

A partir desta reunião o Prof. Jorge Correia Jesuíno, com a colaboração de Brigido Vizeu Camargo, Manuel José Lopes, Luiz Fernando Rangel Tura, Denise Jodelet, Andréa Barbará Bousfield, Antônia Oliveira e Clélia Nascimento-Schulze; elaboram um protocolo de criação da rede e contactaram os membros participantes.

Durante a 10ª Conférence Internacionale sur les Représentations Sociales, realizada entre 5 e 8 de julho de 2010 em Tunis – Tunísia, foi assinado um protocolo de cooperação entre o Laboratório Europeu de Psicologia Social (LEPS)  da Fondation Maison Sciences de l’Homme  - França, o Centro de Investigação em Ciências e Tecnologias da Saúde (CICTS) da Universidade de Évora - Portugal, e o Laboratório de Psicologia Social da Comunicação e Cognição (LACCOS)  da Universidade Federal de Santa Catarina  - Brasil. Este protocolo refere-se à criação da Rede Internacional de Pesquisas sobre Representações Sociais de Saúde – RIPRES.